Publicado em: qui, mar 22nd, 2018

A forma da água

A forma da água (no original: The shape of water)

Sinopse:

Em uma instalação secreta de pesquisa na década de 60, em plena guerra fria, uma criatura anfíbia humanoide capturada no Amazonas é mantida em cativeiro. Uma das responsáveis pela limpeza do local, que é muda por uma agressão sofrida no passado, começa um relacionamento peculiar com o ser.

De Guillermo del Toro (EUA, 2017).

A melhor maneira de começar a tecer algum comentário sobre “A forma da água” é perceber a sua natureza: ele é um conto de fadas. Não é um conto de fadas em uma transposição contemporânea. Não é um conto de fadas tradicional. Contudo, é um conto de fadas com todos os elementos necessários a um. E contado a partir de um pano de fundo político-social que embasa um mundo real que se mistura à fantasia – porque a vida, no fundo, não é mais do que isso.

Em seu enredo são pautados a força da eterna luta entre o bem e o mal, há a presença dos opostos complementares nas relações, a intolerância com o diferente que – afinal – é igual, a força da natureza atuando dentro e fora de nós, o belo como relativo e qualquer outra apreensão que o destino da humanidade prescinda. Filmaço imperdível!!

Artigo escrito pela  Yone Nasser