Publicado em: sáb, fev 10th, 2018

Metodologia DISC

Em um ambiente perfeito, deveríamos ser capazes de trabalhar somente com aquilo que nos traz certo conforto e temos interesse, dessa forma, transformando o trabalho em algo mais leve. Rotinas de trabalho desgastantes e desinteresse levam funcionários à desmotivação.

No setor de vendas, que demanda diferentes perfis de funcionários para uma otimização eficiente do trabalho, essas situações podem perdurar por muito tempo caso o próprio funcionário ou o seu gestor não percebam essa falta de vínculo entre o profissional e a sua área de atuação.

Buscando resolver problemas como esses, empresas estão investindo em uma abordagem psicológica para traçar um perfil de seus funcionários, a metodologia DISC.

O que é a metodologia DISC?

Baseada nos estudos do americano William Moulton Marston, a metodologia DISC busca traçar o perfil, medir estilos comportamentais, utilizando-se de quatro fatores importantes:
Dominância;
Influência;
Estabilidade;
Conformidade.
Das iniciais em inglês destas palavras, surgiu a sigla DISC.

Apresentando uma média de 99% de precisão nos resultados dos perfis comportamentais, a DISC detecta as características das pessoas, como forças, motivações, forma de gerenciar e de se comunicar.
Entre as suas principais aplicações, a metodologia vem sendo usada para autoconhecimento, aumento de produtividade e gestão de pessoas.

DISC aplicada em Equipes de Vendas Buscando aproveitar da melhor maneira as competências individuais de cada funcionário, as equipes de vendas já vêm utilizando a metodologia DISC para elaboração de uma gestão comercial mais eficiente das empresas.

Com um setor que exige cada vez mais dinamismo de seus funcionários, os gestores de vendas já entenderam que é necessário se traçar o perfil de cada profissional da equipe, para que ele seja encaminhado para a vaga de trabalho mais adequada as suas habilidades.

Fonte:
www.agoravale.com.br